#diáriodeumcorpo: Quando descobri o caminho para meu amor-próprio

Certa vez me disseram: "Nunca menospreze alguém, pois você não conhece as lutas que ela está enfrentando sozinha". Não me lembro exatamente a frase, mas sua moral era essa. Depois dos últimos textos publicados aqui na coluna, recebi dezenas de mensagens de conhecidos dizendo que não faziam ideia dessas questões que venho expondo, pois sempre passei … Continue lendo #diáriodeumcorpo: Quando descobri o caminho para meu amor-próprio

#diáriodeumcorpo: CrossFit, meu transtorno alimentar e uma máscara que caiu

O CrossFit entrou na minha vida como uma enorme avalanche e muitas mudanças aconteceram. Em poucos meses, saí do sedentarismo e ganhei condicionamento físico. Todo o incentivo que procurava para me cuidar de maneira equilibrada eu encontrei naquele galpão cheio de gente suada e desconhecida, mas que me acolheram em um momento tão difícil. O … Continue lendo #diáriodeumcorpo: CrossFit, meu transtorno alimentar e uma máscara que caiu

“Feminismo em comum”: o que podemos (e devemos) aprender com Marcia Tiburi sobre o movimento

Devo confessar uma coisa pra vocês: falar sobre feminismo não é tarefa das mais fáceis. Se a gente se deixa levar pelas ideias, que vão correndo soltas pelos dedos que batem no teclado, podemos cometer o erro de pressupor que nosso leitor já sabe de tudo a que nos referimos. Ou então, quando escrevemos, comedidas, … Continue lendo “Feminismo em comum”: o que podemos (e devemos) aprender com Marcia Tiburi sobre o movimento

#diáriodeumcorpo: Um relato sobre transtorno alimentar, compulsão e aceitação

Manas, sejam bem-vindas. Meu nome é Mayra Ayres e, com muita alegria, assumo a coluna #diáriodeumcorpo no Clarices e Marias a partir de hoje. Acredito que escrever um texto de apresentação sobre um assunto relacionado a nossa aparência física e à superação de traumas seja algo difícil para qualquer pessoa. Hoje estou aqui para falar … Continue lendo #diáriodeumcorpo: Um relato sobre transtorno alimentar, compulsão e aceitação

Um xaveco nunca é só um xaveco – e precisamos falar sobre isso

Deixa eu contar uma coisa: não foi a primeira vez, nem será a última, mas de novo aconteceu o tradicional xaveco de festa. Acho que todas nós passamos por isso infinitas vezes ao longo da vida, né? E digo "tradicional", porque já está na consciência coletiva de que é normal que, a qualquer momento, um … Continue lendo Um xaveco nunca é só um xaveco – e precisamos falar sobre isso

O que eu gostaria que minha melhor amiga esperasse de um relacionamento

(Dedico este texto a todas as minhas amigas, minhas leitoras e a mim mesma) Amiga, sei que já conversamos mil vezes sobre suas crises amorosas e sei que mais um conselho pode até ser demais, mas não posso evitar. Na realidade, não estou aqui para te dar conselho algum, só para desabafar sobre o que … Continue lendo O que eu gostaria que minha melhor amiga esperasse de um relacionamento

Goose Island Sisterhood: a confraria criada para provar que cerveja é assunto de mulher, sim

Se você é uma mulher que gosta de cerveja ou tem o costume de frequentar bares e afins, é muito provável que você já tenha ouvido frases do tipo: “meu deus, você bebe como um homem!”, “que sorte do seu namorado ter uma mulher cervejeira, hein?!”, “ei, moça, posso te sugerir uma cerveja levinha?”, “então … Continue lendo Goose Island Sisterhood: a confraria criada para provar que cerveja é assunto de mulher, sim

“Os homens explicam tudo para mim” e a luta feminista de Rebecca Solnit

Rebecca Solnit tinha sete livros publicados quando o episódio que deu origem ao primeiro ensaio de "Os homens explicam tudo para mim" - e que dá nome ao livro, por sinal - aconteceu: em uma festa, um homem achou interessante o fato de ela ser escritora e pediu para que ela falasse mais sobre suas … Continue lendo “Os homens explicam tudo para mim” e a luta feminista de Rebecca Solnit