Primeira livraria especializada em autoras negras inaugura loja física em São Paulo

Neste sábado, 09 de dezembro, a bibliotecária Ketty Valencio inaugura a loja física da Livraria Africanidades, criada para ampliar o acesso à literatura feita por mulheres negras. Com uma proposta inédita no Brasil até então, a livraria conta com um acervo de 200 títulos difentes, dispostas estantes que carregam divisões como feminismo, ficção, não ficção, poesia, … Continue lendo Primeira livraria especializada em autoras negras inaugura loja física em São Paulo

Um xaveco nunca é só um xaveco – e precisamos falar sobre isso

Deixa eu contar uma coisa: não foi a primeira vez, nem será a última, mas de novo aconteceu o tradicional xaveco de festa. Acho que todas nós passamos por isso infinitas vezes ao longo da vida, né? E digo "tradicional", porque já está na consciência coletiva de que é normal que, a qualquer momento, um … Continue lendo Um xaveco nunca é só um xaveco – e precisamos falar sobre isso

“Marias: a fé no feminino”: um documentário sobre a América Latina e suas mulheres de fé

Nossa Senhora Aparecida. Iemanjá. Nossa Senhora da Caridade do Cobre. Mama Pacha. Virgem de Guadalupe. Virgem da Candelária. Para muitos, não importa quais sejam os nomes, as origens ou suas imagens: estas e todas as santas, independentes de quais crenças pertençam, representam uma única energia feminina, a mulher cuidadora, que é mãe e ampara seus … Continue lendo “Marias: a fé no feminino”: um documentário sobre a América Latina e suas mulheres de fé

O que eu gostaria que minha melhor amiga esperasse de um relacionamento

(Dedico este texto a todas as minhas amigas, minhas leitoras e a mim mesma) Amiga, sei que já conversamos mil vezes sobre suas crises amorosas e sei que mais um conselho pode até ser demais, mas não posso evitar. Na realidade, não estou aqui para te dar conselho algum, só para desabafar sobre o que … Continue lendo O que eu gostaria que minha melhor amiga esperasse de um relacionamento

#OutubroRosa: conheça – e saiba como ajudar – o Tesoura Sem Ponta

O mês de outubro está acabando e, com ele, encerra-se também a campanha de conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, chamada de "Outubro Rosa". Durante todo este mês, acompanhamos pela mídia, em instituições e orgãos responsáveis muitas ações que chamavam a atenção para esta doença, que é um … Continue lendo #OutubroRosa: conheça – e saiba como ajudar – o Tesoura Sem Ponta

27 de outubro: aniversário de Sylvia Plath e “A redoma de vidro”

Neste 27 de outubro, Sylvia Plath comemoraria 85 anos. A escritora americana, nascida em Boston em 1932, dedicou sua vida especialmente à poesia, mas em 1963 - mesmo ano de sua morte, por sinal - teve seu primeiro e único romance publicado, "A redoma de vidro" (The Bell Jar). Para homenagear e colaborar com a … Continue lendo 27 de outubro: aniversário de Sylvia Plath e “A redoma de vidro”

Goose Island Sisterhood: a confraria criada para provar que cerveja é assunto de mulher, sim

Se você é uma mulher que gosta de cerveja ou tem o costume de frequentar bares e afins, é muito provável que você já tenha ouvido frases do tipo: “meu deus, você bebe como um homem!”, “que sorte do seu namorado ter uma mulher cervejeira, hein?!”, “ei, moça, posso te sugerir uma cerveja levinha?”, “então … Continue lendo Goose Island Sisterhood: a confraria criada para provar que cerveja é assunto de mulher, sim

“Os homens explicam tudo para mim” e a luta feminista de Rebecca Solnit

Rebecca Solnit tinha sete livros publicados quando o episódio que deu origem ao primeiro ensaio de "Os homens explicam tudo para mim" - e que dá nome ao livro, por sinal - aconteceu: em uma festa, um homem achou interessante o fato de ela ser escritora e pediu para que ela falasse mais sobre suas … Continue lendo “Os homens explicam tudo para mim” e a luta feminista de Rebecca Solnit

As mulheres de Carol Rossetti: poderosas lições de respeito e amor-próprio em ilustrações

A mensagem é poderosa, então preciso reproduzir exatamente como está: "Existem mulheres negras, brancas, morenas, latinas, asiáticas, indianas, indígenas. Existem engenheiras, donas de casa, prostitutas, senadoras, artistas, executivas, atrizes. Há mulheres cegas, surdas, mudas. Mulheres bipolares, deprimidas, suicidas, ansiosas. Mulheres trans, binárias, não binárias, intersexo. Existem heterossexuais, lésbicas, bissexuais, arromânticas, pansexuais, assexuais. Mulheres que têm … Continue lendo As mulheres de Carol Rossetti: poderosas lições de respeito e amor-próprio em ilustrações