Rosa dos Tempos: renasce o selo feminino e feminista de um dos maiores grupos editoriais do Brasil

Para entender a editora Rosa dos tempos é preciso criar uma ideia não muito comum no Brasil. Imagine um grupo de mulheres poderosas empenhadas em abastecer as livrarias do país com bons títulos que discutam e promovam o Movimento Feminista. Bem, essa é uma belíssima e resumida descrição do que ela é. Rosa dos tempos, selo pertencente ao Grupo Editorial Record, ganhou vida em 1990 graças aos esforços da escritora Rose Marie Muraro e da atriz Ruth Escobar. Elas, que idealizaram o projeto, contaram com o apoio da jornalista Laura Civita, da socióloga Neuma Aguiar e também do fundador e então editor da Record Alfredo Machado para construir a primeira editora feminista do país.

Após passar por um período de inatividade, a Rosa dos Tempos está contando com o empenho e a força de seis mulheres empoderadas, incluindo as próprias netas de Alfredo, para reativar o catálogo. “Foi realmente emocionante testemunhar toda a receptividade das pessoas, sobretudo mulheres, a respeito do renascimento da Rosa. É como se todas vissem nisso o renascimento da esperança pela luta por igualdade, algo que finalmente voltou a ser discutido seriamente, mesmo com tanta oposição ainda”, conta Rafaella Machado, gerente de marketing do catálogo jovem do Grupo, orgulhosa por dar continuidade a uma das iniciativas de seu avô.

Assim como Rafaella, todas as mulheres da Rosa desempenham outras funções no Grupo Editorial Record, sejam atividades administrativas ou editorais. Integrar a equipe responsável por reativar o selo, no entanto, foi mais do que um trabalho cotidiano, foi uma contribuição para a luta feminista. Com Rafaella ainda estão sua irmã, Roberta Machado, vice-presidente do Grupo, e as editoras Andréia Amaral, Ana Lima, Ana Paula Costa e Livia Vianna. E contar uma equipe totalmente feminina, claro, é uma escolha consciente – uma demonstração de sororidade e de força feminina no mercado de trabalho. “Uma coisa que aprendemos com o feminismo é que todas as vozes precisam ser ouvidas, e nosso modelo de gestão é bem esse. Cada uma das editoras capta projetos, traz ideias, e tanto os livros quanto as capas são escolhidos em grupo”, explica Rafaella.

Rosa dos Tempos, que já foi responsável pela publicação de livros de figuras icônicas no Brasil, como Roberta Close ou Odete Lara, reabriu seu catálogo com uma tão poderosa quanto: Marcia Tiburi, conhecida filósofa e escritora brasileira. “Feminismo em comum: para todas, todes e todos” (leia a resenha aqui) é o primeiro livro feminista da autora, e será seguido por outra porção de lançamentos importantes este ano: “Mamãe&Eu&Mamãe”, da Maya Angelou; “O mito da beleza”, de Naomi Wolf; e “A terra das mulheres”, de Charlotte Perkins Gilman.

A falta de livros feministas facilmente à disposição da leitora e do leitor brasileiros não será um problema. Se antes era muito mais fácil encontrarmos materiais disponíveis em inglês, a Rosa ressurge para facilitar o acesso, em um momento tão agitado para as feministas, com muitas lutas e manifestações. Sobre esse momento, Rafaella é imperativa: “Estamos prontas para muita luta esse ano, pois cada vitória do feminismo é seguida de muita resistência. Veja que no dia seguinte do Globo de Ouro, por exemplo, houve o manifesto das atrizes francesas e a lamentável coluna da Danuza Leão. Este ano de 2018 será um ano eleitoral e trará desafios enormes, já que nenhum candidato tem os direitos das mulheres como pauta. Nosso papel será fomentar o debate através de eventos e textos de qualidade, tanto inéditos quanto resgatados do catálogo clássico da Rosa”.

A comunidade feminista agradece, manas!

Um comentário sobre “Rosa dos Tempos: renasce o selo feminino e feminista de um dos maiores grupos editoriais do Brasil

Deixe seu comentário pra gente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s